3° Milênio Panificadora&Mercado

Supermercado Gomes

Mato Limpo

Mostrando postagens com marcador Saúde. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Saúde. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 19 de julho de 2021

Populares questionam foto divulgada de ambulância envolvida no acidente desta segunda



Após a divulgação da suposta foto da ambulância envolvida em um acidente nesta segunda-feira (19), nas proximidades da ladeira se Chico Duro, populares que passaram pelo local após o acidente questionaram a foto divulgada pela ASCOM, ja que segundo as informações o carro teria ficado bastante danificado.

Registrado 30 casos suspeitos e mais de 70 ativos, veja dados do Boletim de Macajuba




quinta-feira, 8 de julho de 2021

Vacinação em Macajuba: Erro grave no registro dos dados.


Recebemos uma denúncia de Macajubense que foi vacinado no dia 07 de junho.

O susto veio quando foi verificar a data de vacinação e lá estava registrado dia 07 /11 ( sete de novembro).

Um erro isolado ou desleixo na anotação dos dados. Isso pode ser um problema no futuro.

Covid: População coloca dados da saúde em suspeição, número pode ser maior




Após a divulgação do novo boletim do Covid- 19 em Macajuba alguns internautas colocaram a veracidade dos dados divulgados pela Prefeitura e Secretaria de Saúde em cheque.

A relatos de que localidades da zona rural do município que tem pessoas ativas com o virus e que não foram computados nó boletim.

Explosão de casos ativos, número passa dos 70




domingo, 4 de julho de 2021

Covid em Macajuba: Um caos por trás da propaganda - quem será a próxima vítima?



Absurdos na Saúde de Macajuba cada dia que passa.  E a coisa, vai se agravando.

São denúncias de falta de medicamentos (relembre aqui).  Caso de sepultamento em que a equipe de saúde adotou medidas  sem o mínimo de critério e posteriormente foi constatado que não era covid.  Em outro, que a informação da doença era confirmada,nada foi feito.

Neste último domingo (04), recebemos uma denúncia de que um paciente deu entrada no Hospital Municipal Julieta  Sampaio e foi transferido com sintomas da Covid-19, já seu conjugue foi orientado a fazer teste particular. Cadê os testes? Onde está o dinheiro do covid que ficou de saldo da gestão passada?(relembre aqui) Nada se faz.

terça-feira, 22 de junho de 2021

Sem ações da Prefeitura, Macajuba está de braços abertos para o Covid, cidades vizinhas retornaram com as barreiras




Cidades vizinhas retornaram as barreiras sanitárias, para assim ter um controle de quem entra na cidade e aumente o controle das pessoas que entram no munições, mas Macajuba vem na contra mão de tudo isso.

quarta-feira, 16 de junho de 2021

Denúncia: Pode haver contaminação Covid no Hospital de Macajuba - povo pede transparência.




A saúde não está agradando a população, ao longo desses seis meses há várias reclamações, dentre elas, a falta de alguns profissionais de saúde, demora na marcação de exames, em atendimentos e varias outras críticas.

Desta vez o que chegou ao nosso conhecimento é uma situação um tanto complicada. 

De acordo com relatos os profissionais que atendem no pronto socorro e na enfermaria são os mesmos que atendem os pacientes de Covid-19. Isto é fato grave pois traz um risco enorme para os pacientes em geral - pode ocorrer uma contaminação cruzada.

Para deixar claro a população, vimos requisitar aqui da secretaria a divulgação das escalas das equipes separadas desses profissionais, já que os rumores nas ruas do município sobre isso, além de dar tranquilidade à população e uma satisfação também que a população merece.

Além disso tivemos informações de que os pacientes não estão conseguindo fazer exames de ultrassonografia, tendo que pagar esses exames nas clínicas particulares, o que está acontecendo? 

Vale lembrar que ja estamos no sexto mês de gestão e o laboratório de análises clínicas continua fechado em uma reforma que não tem fim e a população está ai em meio à pandemia precisando de atendimentos sem conseguir.

Um absurdo nossa saúde em Macajuba.

segunda-feira, 7 de junho de 2021

Infelizmente, Macajuba registra vítima da Covid

A Secretaria de Saúde de Macajuba divulgou o óbito de mais um macajubense vítima da Covid. 

Segundo a nota, era um senhor de 85 anos, morador do Distrito de Nova Cruz. Não foi transferido e veio a óbito no Hospital Julieta Sampaio de Macajuba, no dia 01/06/2021. 



A disseminação da doença segue altamente, o número de ativos continuam aumentando. Hoje são 23 ativos, 3 deles estão internados. 







Farmacêutica do Hospital de Macajuba aparece com Morfina dois dias após publicação da denúncia - Cidadã teve que comprar remédios.


 Na tarde de sábado, recebemos o áudio de uma cidadã indignada porque estava com sua mãe internada no Hospital de Macajuba, necessitando de transferência. Nos foi relatado que ela teve que comprar morfina para controlar a dor, já que o medicamento estava em falta, não sendo fornecido pelo Hospital Julieta Sampaio de Macajuba. 

Hoje, após dois dias a matéria, a farmacêutica do hospital Regivania nos enviou fotos alegando que o medicamento faltoso já está disponível no Hospital para dar suporte aos pacientes. 

Junto com a imagem, nos enviou a seguinte nota:
“no hospital temos a morfina e o hospital Otávio mangabeira onde a paciência estava internada nós encaminhou mais algumas ampolas, sendo assim a paciência só fez a compra de medicamentos anti depressivo que não é padrão do hospital e do município. Os anti depressivo usado pela paciência é de uso continuo e não é fornecido pela rede básica.”

Entretanto, essa nota levanta os seguintes questionamentos: se no hospital tinha morfina porque não forneceu para a paciente que estava com fortes dores, obrigando parentes a comprarem o medicamento? Se no Hospital tinha morfina, qual a necessidade de o Hospital Otávio Mangabeira encaminhar mais doses pela paciente? Por que a resposta só foi enviada ao Blog quando a paciente retornou com essas doses encaminhadas? 
Outro ponto que nos causou estranheza foi a parte em que a farmacêutica afirma que “a paciente só fez a compra de medicamentos antidepressivos que não é padrão do hospital e do município.” 

Entretanto, antidepressivos, principalmente, os de alto custo, estão sim incluídos no rol de medicamentos que devem ser disponibilizados nas UBS (Unidades Básicas de Saúde). Então, por que não lhe foi fornecido o medicamento? Se a mesma faz acompanhamento no PSF de Macajuba, os médicos tem que ter o cuidado de receitar medicamentos fornecidos pelo SUS, de compra e disponibilização obrigatória pelo município.





Publicidade