SIMPROMMA/APLB Macajuba quer calar opinião de associados, divulgou um professor indignado



As queixas na área de  Educação não  param. O babado desta vez envolve a presidente do SIMPROMMA/APLB, que está sendo apontada como intolerante e buscar amordaçar os filiados que tentam se manifestar ou cobram ações da representante.

A algum tempo a classe se queixa da presidente, por não  levantar mais a bandeira da defesa do professor. Alguns ainda comentam que ela se presta ao papel de fantoche da Secretária  e da atual gestão.

Fica nosso registro de apoio    a liberdade de expressão e  indignação da censura ao Professor Jean.



Nenhum comentário